O charme vintage do BeHopper pelas ruas de BH

BeHoppers Lindy Hop

BeHoppers

Em 2012 um grupo de amigos entusiastas Lindy Hop estavam frustados com a falta de locais para a prática desse estilo de dança em Belo Horizonte e resolveram se unir para divulgar e promover eventos desse ritmo contagiante. Assim surgiu os BeHoppes, cujo nome foi inspirado nas iniciais da capital.

O Lindy Hop é uma dança de origem afro-americana, dançada ao som de Swing Jazz, música que surgiu com as orquestras chamadas de “big bands”, como Glenn Miller, Count Basie e Duke Elington. O estilo se tornou um enorme sucesso nos EUA e também ganhou a Europa nas décadas de 20 e 30.

Duke Elington e Big Band

Os primeiros registros de bailes do estilo foi no Harlem, bairro negro da periferia de Nova York. Apesar de ser uma época de segregação racial, o amor pela dança reuniu brancos e negros, como no salão Savoy, o primeiro a ter essa integração. No local os jovens reuniam-se para se divertir e criar novos passos de outras três danças o breakaway, o Charleston e o sapateado que misturados formavam o Lindy Hop.

Casal dançando Lindy Hop

Juntos os BeHoppes criaram a versão belorizontina do projeto “I Charleston the World” que promove a dança e já fez homenagens a cidades como Nova York, Paris, Berlim, Munique e Tel Aviv. Confira abaixo porque em poucos meses esse vídeo que é puro charme vintage se tornou um sucesso e viralizou entre os mineiros.

Keep swinging!

 

Anúncios