Diversidades do Mercado Central

Mercado central que anteriormente era chamado Mercado Municipal de Belo Horizonte, foi criado pelo então prefeito Cristiano Machado em 7 de setembro de 1929. Sua entrada principal e pela avenida Augusto de Lima, seu galpão ocupa um quarteirão do centro de Belo Horizonte.

ÍndiceEm 1929 o mercado funcionava como um centro de distribuição de alimentos em um campo aberto e com barracas. Em 1964 o mercado foi comprado por um grupo de comerciantes que fundaram uma cooperativa e deram inicio a reconstrução do mercado. O local passou a ter cobertura metálica, estacionamento e ganhou uma capela para abrigar a imagem da virgem de Fátima e ainda ocorreu as reformas das barracas.

O mercado central hoje é um dos cantinhos mais visitados da cidade, com uma mistura de cultura popular, tradição, culinária, artesanato, e uma grande diversidade se encontra um pouco de tudo nesse cantinho mineiro. Encontra-se  tempero ou ingredientes para fazer uma comida mineira, artigos religiosos, todos os tipo de ervas, floricultura, artesanato mineiro, animais de estimação, os famosos queijos e doces e até mesmo a comercialização de roupas e brinquedos. Para quem quer apenas dar um  passeio para conhecer o mercado pode aproveitar  os barzinhos para tomar uma cerveja gelada e colocar a prosa  em dia, os comerciantes mais antigos dão uma aula e contam um pouquinho da história de Belo Horizonte.

O Mercado é daqueles lugares que você vai, volta e volta de novo porquê  sempre vai ter algo para ver, comprar e comer. Para os turistas, visitar o Mercado é um programa obrigatório, é bem verdade que os preços não são mais baixos que os de outros lugares, mais estar no mercado central é ter a possibilidade de  vivenciar um pouco dessa cultura que encanta.

3 Endereço: Avenida Augusto de Lima, 744 – Centro

Complemento: Próximo ao Minascentro

Telefone: 31 3274-9434

Horário de Funcionamento: 2ª a sáb. das 7h às 18h, dom. e feriados das 7h às 13h.

Anúncios

Mirante do Mangabeiras

                                               Índice

O mirante do Mangabeiras surgiu inicialmente sem a proposta de ser um ponto turístico, nesse espaço existia a rádio jornal do Brasil a primeira emissora FM de Belo Horizonte. Ao lado do prédio da rádio, foi instalada uma estação de meteorologia que ficou conhecida como ”pracinha do mirante”. Os funcionários da emissora encantados com a vista que o local proporcionava da capital mineira começaram a apresentar o local aos amigos e parentes, o mirante inicialmente foi chamado de ”Alto das Mangabeiras”, depois de um tempo passou a ser chamado de ”Mirante do Mangabeiras”.

Em 1988 a Associação Brasileira de Ensino em Arquitetura propôs  um projeto de revalorização do mirante com a construção de um restaurante panorâmico. Em junho de 1994 ocorreu a primeira reforma do mirante, a prefeitura instalou lixeiras, reconstruiu os pisos e os balcões de proteção. Em 2006, o prédio da emissora foi demolido e em 2012 a Fundação de Parques Municipais passou a administrar o local.

Depois dessa revitalização o mirante passou a oferecer maior conforto aos visitantes, ainda foram construídos dois decks de madeira no local e nova iluminação. Para uma maior segurança dos frequentadores uma portaria controla o horário de funcionamento e a guarda municipal faz o patrulhamento do local 24 horas por dia.

                                                           mi

Endereço:

Rua Pedro José Pardo

N° 1000 – Mangabeiras

Complementos:

Atrás do Palácio das Mangabeiras

Telefone:

31 3246-5030

Horário de funcionamento:

Diariamente das 10h ás 22hrs

 

Festival Comida de Buteco

fruta 2

Belo horizonte é conhecida nacionalmente como a capital nacional dos botecos com cerca de 12.000 estabelecimentos, quem nunca ouviu a famosa frase “já que minas não tem mar eu vou pro bar”. O festival comida de boteco foi criado em 1999 pelo gastrônomo Eduardo Maya, e foi lançado em BH no ano de 2000, o festival que acontece todos os anos entre os meses de abril e maio promove uma competição entre os bares para descobrir os melhores petiscos ou tira-gostos.

No festival os botecos participantes criam petiscos com ingredientes escolhidos em cada edição e são avaliados por jurados e por votação popular com notas de zero a dez, que avaliam o atendimento, higiene, temperatura das bebidas e claro os tira-gostos ou petiscos. Todos os concorrentes do concurso administram o próprio negócio e na maioria das vezes contam com o auxílio da família, e os botecos não participam de uma rede ou franquia.

                                                   fruta

 Nessa edição participam 45 estabelecimentos e o ingrediente escolhido foi fruta, levando os participantes a inovar. De acordo com a organização do evento as frutas podem aparecer até como decoração não necessitando ser o prato principal, desde que sejam comestíveis.

 “ O boteco é um lugar sem sobrenome, mas com muita história. Onde não há cor, porque é colorido por natureza. Onde não existe nacionalidade, mas todos falam a mesma língua. Onde não tem preconceito, religião ou profissão. Onde todos falam de tudo e de todos. O boteco é um lugar onde se faz amizades e se paquera. O boteco é cultura e cumplicidade”.

                                                            Bares participantes e os seus pratos

222

Tira-gosto concorrente: Escondi a linguiça (linguiça calabresa com gorgonzola, acompanhada de creme de banana da terra).

Ali Ba Bar

Tira-gosto concorrente: Tá fácil pra ninguém (picanha grelhada, batata baby ao creme de gorgonzola e farofa de banana na folha).

Amigos e Memórias (Bar do Paulinho)

Tira-gosto concorrente: Show de bola  (bolinhas de carne empanadas e recheadas com queijo provolone, acompanhadas de geleia picante de abacaxi.

André Caldos.

Tira-gosto concorrente: Di conchinha (macarrão de conchinha, costela de boi, requeijão, queijo muçarela, linguiça de pernil e abacaxi. Acompanha molho especial e pimenta biquinho).

Bar Bambú

Tira-gosto concorrente: Galinha tropical (sobrecoxa de frango desossada e recheada, montada com abacaxi e provolone).

Bar Bocaiúva

Tira-gosto concorrente: Trio de frutas (três bolinhos de carne – boi, porco e frango – recheados com banana, abacaxi e damasco, acompanhados de geleia de pimenta).

Bar da Adriana

Tira-gosto concorrente: Filé da Dri (filé mignon de porco, farofa de banana com bacon e linguiça, e mandioquinha frita, acompanhados de geleia de abacaxi).

Bar da Leila

Tira-gosto concorrente: Rocambole de frango com molho de laranja.

Bar do Careca – O Pescador

Tira-gosto concorrente: Qual dos dois? (picanha e filé de peixe servidos com molho de frutas cristalizadas. Acompanha banana da terra frita).

Bar do Cláudio – O Rei da Omelete

Tira-gosto concorrente: Rolê mitido a besta (bife rolê de lombo, recheado com cenoura e bacon. Acompanha chutney de manga).

Bar do Dedinho

Tira-gosto concorrente: Carmen Miranda (pernil com catupiry e abacaxi, e tulipas de asa com molho de laranja. O vasilhame será um abacaxi).

Bar do Douglas 

Tira-gosto concorrente: Porpeta a Penido (porpetas – almôndegas de carne bovina e suína – ao molho de abacaxi e pãozinho).

Bar do Gil

Tira-gosto concorrente: Cupim tropical (cupim marinado na laranja, acompanhado de pãozinho de cebola e banana chips).

Bar do João (São João Batista). 

Tira-gosto concorrente: Carne de lata e cia. (carne de lata acompanhada de farofa fria, batata bolinha com alho desidratado, ovo de codorna, mussarela derretida e molho de goiaba).

Bar do Louro

Tira-gosto concorrente: Loro na lata (carne de lata com caramelo de laranja picante, medalhão de banana e farofa de jiló).

Bar do Primo

Tira-gosto concorrente: Pernil e seus acompanhantes: maçã verde e batatas ferozes (pernil com molho de vinho branco acompanhado de maçãs verdes empanadas e batatas ferozes).

Bar do Tonho

Tira-gosto concorrente: Chiquerim (filé mignon de porco grelhado, coberto com creme especial da casa. Acompanha abacaxi flambado e é decorado com estrela de carambola).

Bar Pompéu

Tira-gosto concorrente: Enroladin do Pompéu (enrolado de lombo recheado com bacon, servido com molho agridoce de goiaba com abacaxi).

Bar Temático 

Tira-gosto concorrente: Tô môiado (bolinha de carne de sol recheada com damasco e queijo).

Barracão Butiquim

Tira-gosto concorrente: Infarto chique  (torresmo de frango, tiras de bacon e pernil refogado, servidos com chutney de maçã verde e frutas secas).

Blá Blá Bar

Tira-gosto concorrente: Espia só (costelas de porco defumadas ao barbecue de goiabada cascão, com mandiocas cozidas na manteiga de garrafa).

Butecário Bar Brasil
Tira-gosto concorrente: Fraldinha à moda Butecário (carne na cerveja preta acompanhada de Apple Mousse e farofa de frutas com Doritos).

Buteco do Lili

Tira-gosto concorrente: Du quintal de casa (costelinha de porco, mamão, polenta e mostarda folha).

Buteco’s Bar

Tira-gosto concorrente: Filé à moda do rei (filé mignon ao alho, acompanhado de cubos de queijo gratinado, regado ao molho de abacaxi).

Café Bahia

Tira-gosto concorrente: Eta mineirin sofisticadis (costelinha glaceada com tangerina, acompanhada de canapé de pão de queijo).

Café Palhares

Tira-gosto concorrente: Kafta pendurada (kafta no espeto, servida com batata enroscada e molho chutney de abacaxi).

Chalé da Costela

Tira-gosto concorrente: Adão e Eva (saborosa costela de boi assada no bafo com molho barbecue caseiro e acompanhada de abacaxi).

D`Leve Bar

Tira-gosto concorrente: Delícia da vovó (carne de panela com mandioca cozida com raspa de limão).

Dona Suica

Tira-gosto concorrente: Segredo do cerrado (língua defumada ao molho, com purê de moranga, banana da terra e bolinho de arroz de pequi).

Em Canto (Bar du Beto)

Tira-gosto concorrente: Baum dimais (iscas de pacu – carne de boi – ao molho especial da casa e almôndega de frango. Acompanham creme de laranja, molho de alho com calabresa e batata doce frita).

Estúdio da Carne 

Tira-gosto concorrente: Pinchos de la Carmen! (pinchos de: abacaxi com bacon e batata; linguiça caramelizada na sidra com banana crocante e frango crocante com cebola ao shoyu. Acompanha chutney ao coco).

Guigo`s Bar

Tira-gosto concorrente: Navegar é preciso (barquetes recheadas com bacon, frango, requeijão, creme de leite e cheiro verde, guarnecidas com chutney de mexerica).

Já To Inno

Tira-gosto concorrente: Já tô innrolando (enrolado de carne recheado com bacon, queijo, maçã e especiarias, acompanhado de batatas ao murro gratinadas com creme de queijo e geleia de morango picante reduzida com rapadura).

João da Carne

Tira-gosto concorrente: Amo-ela (almôndegas de moela com bacon, queijo ralado, salsinha, cebolinha e ervas. Acompanham molho da casa e geleia de pimenta biquinho com pimenta rosa e manga).

Koqueiro’s Bar

Tira-gosto concorrente: Que beleza! (lombo com abacaxi e polenta palito, jiló empanado com molho de maracujá e espetinho de fruta)

Magrelo`s Bar (Bar do Zé)

Tira-gosto concorrente: Aconchego mineiro (palito de carne de sol empanado com queijo, macarrão cabelo de anjo, acompanhados de molho de maracujá com pimenta).

Mercearia do Lili

Tira-gosto concorrente: Capa do Lili (capa de filé com alho, cebola, mandioca e pedaços de abacaxi).

Mulão

Tira-gosto concorrente: Mamão no peito (mamão verde refogado com maçã de peito).

Pé de Goiaba

Tira-gosto concorrente: Detalhes (coxinhas de frango ao suco de laranja com bacon na brasa, conserva de berinjela, torradinhas e molho especial de goiabada).

Ponto do Tropeiro (Bar do Negão)

Tira-gosto concorrente: Pra todo gosto  (coxinha de frango empanada, linguicinha e mandioquita, servidos com molho de manga).

São Tomilho 

Tira-gosto concorrente: Minerin tropical (isca de frango com provolone, acompanhada de abacaxi grelhado).

Sapão Taioba

Tira-gosto concorrente: Fruta no lombo (filezinho de porco ao molho especial com palitos de abacaxi e provolone).

Traira`s Beer

Tira-gosto concorrente: Cês tão no bar (filé de peixe e queijo provolone empanados, servidos com molho agridoce de maracujá).

Us Motoca

Tira-gosto concorrente: Mineiro desconfiado (trio de carnes no espeto, regado com cubinhos de maçã flambada no conhaque. Acompanham crispe de couve, polenta frita e molho especial de maçã).

Zé do Peixe

Tira-gosto concorrente: Tilapinha do Zé ao molho de maracujá (tilápia ao molho de maracujá).

(http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2015/04/comida-di-buteco-comeca-em-belo-horizonte-45-bares-estao-na-disputa.html)

Slackline ganha os mineiros

slack

O slackline é uma modalidade esportiva muito antiga que surgiu no início dos anos 80 na Califórnia nos Estados Unidos, e nos últimos anos vem ganhando os mineiros. Já é comum ver pessoas de todos as idades praticando esse esporte em parques e praças de Belo Horizonte.

O esporte se consiste basicamente em se equilibrar em uma fita de 5 centímetros de largura e em média 15 metros de comprimento esticada em dois pontos fixos. O slackline promove contato com a natureza e é praticado por pessoas que buscam uma nova forma de se exercitar e sentir adrenalina.

Em Belo Horizonte os lugares mais frequentados para a prática do esporte são: A praça do papa, o marco zero na Pampulha, o parque municipal e em alguns encontros realizados na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). lembrando que  para a prática do esporte basta um lugar que possua duas árvores ou dois postes firmes.

Campeonato Mineiro

final

Acontece hoje em Varginha ás 16:00 horas a grande final do campeonato mineiro 2015. Atlético e caldense fazem o segundo jogo da decisão, o primeiro confronto  ocorreu no domingo passado no estádio Mineirão em Belo Horizonte, em um jogo bastante disputado pelas duas equipes o placar final permaneceu 0x0. Como fez a melhor campanha na primeira fase do campeonato, a caldense terá a vantagem de empatar novamente para ser campeã,como mandante do segundo jogo a caldense mandará o jogo para a cidade de Varginha, pois seu estádio em Poços de Caldas não tem capacidade para receber 10 mil torcedores, capacidade minima exigida pelo regulamento.

O Atlético é maior vencedor do estadual e vai em busca do se 43° titulo estadual, já a Caldense vai em busca do seu 2° titulo sendo o primeiro contra uma equipe da capital. A ”Veterana” não tem desfalques e vai com o time completo para a partida, já o time do ”Galo” não contará com Guilherme com estiramento na coxa esquerda, está vetado.

Provável  escalação dos times 

Caldense: Rodrigo, Marcelinho, Paulão, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Tiago Azulão, Yuri e Nádson; Luiz Eduardo e Zambi.

Atlético: Victor; Marcos Rocha (Patric), Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Dátolo, Luan e Carlos; Lucas Pratto.

A Globo Minas transmite o jogo para todo estado. O árbitro da partida será Emerson de Almeida Ferreira , auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Janette Mara Arcanjo .

103 anos do América futebol clube

                                                 103_anos

No dia 30 de abril de 1912, foi fundado pro um grupo de jovens da elite mineira o América futebol clube, popularmente conhecido como América mineiro. O tradicional clube de Belo Horizonte que hoje completa 103 anos tinha suas cores estabelecidas em verde e branco, o preto em seus uniformes foi incorporado somente na década de 1970.

O tradicional time da capital mineira promoveu a prática de outros esportes, como basquete, hóquei e atletismo, mais que hoje é conhecido por sua equipe de futebol profissional  disputou o campeonato mineiro sendo eliminado antes da fase semi-final, ainda na temporada 2015 o clube disputará o campeonato Brasileiro série B e a copa do Brasil.

O time que tem como mascote o coelho, conquistou seu primeiro título no estádio do Mineirão em 1971, quando foi campeão estadual invicto. E conquistou o primeiro título nacional de sua história invicto e sem sofrer gols como mandante, acumulando mais de 1000 minutos de invencibilidade no estádio do Independência.

” América, és o maior
Teu futebol é sensacional
Cantamos para o mundo inteiro
Tu és a glória do esporte nacional ”